22.8.07

Blind Evolution

Desde que vim para morar para Lisboa, faz parte do meu dia-a-dia um dos cegos do metro. Nem quando fui morar para a margem sul ele desapareceu, descobri na altura que ele mora na margem sul e todos os dias voltava na mesma camioneta que eu.

Hoje quando voltava para casa apercebi-me que ele tinha introduzido uma inovação na sua lenga-lenga e puxando pela memória acho que consigo traçar a evolução.

até 2003 - 2 passos - Ora podem crer que vou agradecer a quem tiver a vontade e a possibilidade de me auxiliar

2004 - 2 passos a bater com a bengala no chão -
Ora podem crer que vou agradecer a quem tiver a vontade e a possibilidade de me auxiliar

2005 - 2 passos a bater com a bengala no chão em ritmo com a lenga-lenga-
Ora podem crer que vou agradecer a quem tiver a vontade e a possibilidade de me auxiliar

2006 - Passos contínuos com pausas eventuais, bater com a bengala no chão e bater com um ferrinho na bengala
Ora podem... crer... que eu vou... continuar aagradecer... a quem tiver a bondade(?) de m'auxiLIAR.

2007 (hoje) - Passos contínuos com pausas eventuais + bater com a bengala + bater com o ferrinho + ASSOBIAR, e tudo isto no ritmo e enquanto diz a lenga-lenga do costume!

O que virá asseguir? harmónica?


2 comments:

Hugo said...

nunca o apanhaste a insultar toda a gente e a resmungar entre as lenga-lengas? lol

Dogma Central said...

Já o apanhei a mandar toda a gente pra imensos sítios e a queixar-se que é por isso que "este país é uma merda".